Será possível sentir sem atribuir significado?

Será possível sentir sem atribuir significado?

Será possível experienciar todo e qualquer tipo de energia sem que esta tenha um nome, uma história e um porquê associado?

De facto é possível e é na verdade o caminho para a liberdade.

Na tentativa de sermos “felizes”, embarcamos em múltiplas viagens, técnicas, processos que nos irão libertar das sensações negativas, dos pensamentos destrutivos, das emoções dolorosas. Modificamos, transmutamos, manipulamos ou tentamos ignorar aquilo que rotulamos como mau.

Mas, na verdade, tudo isso é temporário. Há uma sensação de alívio. Há um shot de dopamina, oxitocina ou adrenalina que durante um período de tempo nos dá a sensação de termos chegado lá.

Lá onde? À paz que todos queremos alcançar.
Mas rapidamente a vida nos mostra que essa energia que a todo o custo queremos evitar faz parte da própria vida. Então, não estaremos a entrar numa fuga sem fim?

O desafio aqui é tomarmos consciência que tudo isso está aqui para ser vivido, experienciado… Sem fugas… Com deleite.

Vale a pena arriscar.

Deixe um comentário

* Campos de preenchimento obrigatório