Tudo passa

Tudo passa

Tudo passa…
E quando (do nada) sentes que não queres o que vive em ti…

Não queres sentir o que sentes…
Não queres os eventos que passam por ti…
Não queres agir como ages…
Não queres! Só sabes que não queres!
Talvez possas lembrar.

  • Tudo passa, como a água do rio.
  • Fazes sempre o melhor que podes com os recursos que tens.
  • Podes simplesmente cuidar desses sentimentos com amor. São teus.
  • Olha de novo. Por trás desse desassossego está uma mensagem da vida.
  • Olha de novo (outra vez). Será que podes dar outro significado a esse desassossego?
  • Olha de novo (mais uma vez): agora olha à tua volta.

Quantas coisas tens a agradecer?

 

Deixe um comentário

* Campos de preenchimento obrigatório